Correio do Povo | Notícias | Karl Lagerfeld não encerra desfile da Chanel pela primeira vez em mais de 30 anos

Porto Alegre, segunda-feira, 17 de Junho de 2019

  • 22/01/2019
  • 16:26
  • Atualização: 16:52

Karl Lagerfeld não encerra desfile da Chanel pela primeira vez em mais de 30 anos

Marca informou que estilista teria se sentido "cansado"

Karl Lagerfeld não participa de desfile de alta-costura da Chanel em Paris | Foto: François Guillot / AFP / CP

Karl Lagerfeld não participa de desfile de alta-costura da Chanel em Paris | Foto: François Guillot / AFP / CP

  • Comentários
  • AE e AFP

Na manhã desta terça-feira, a Chanel desfilou sua coleção de alta-costura para o verão 2019 no Grand Palais, em Paris. No entanto, um detalhe além das roupas chamou a atenção do público: pela primeira vez em mais de 30 anos como diretor criativo da grife, Karl Lagerfeld não esteve presente para cumprimentar os convidados ao final da apresentação.

Um comunicado lido no alto-falante revelou que Lagerfeld estava se sentindo cansado, por isso pediu para que Virginie Viard, diretora do estúdio de criação, lhe representasse no encerramento do desfile. A coleção foi desenhada pelo próprio Karl Lagerfeld e foi inspirada no século 18. Aos 85 anos, Lagerfeld atua como diretor criativo da grife desde 1983.

Embora um funcionário tenha anunciado que Lagerfeld participaria do segundo desfile, que acontece logo após o primeiro, uma porta-voz da Chanel disse que o estilista de origem alemã também não esteve presente. "Lagerfeld, que se sentiu cansado, pediu a Virginie Viard (...) para representá-lo e cumprimentar os convidados", informou a empresa em um comunicado.

"Viard, como diretora do estúdio de criação, e Eric Pfrunder, como diretor da imagem da Chanel, continuam a acompanhá-lo e garantindo o acompanhamento das coleções e campanhas da marca", acrescentou a nota. Viard, braço direito de Lagerfeld, já o acompanhara no último desfile de outubro, quando os dois saíram para saudar o público.

O estilista, reconhecível por seu eterno rabo de cavalo e óculos de sol, transformou a moda nas últimas seis décadas, especialmente com suas coleções da Chanel, Fendi e da empresa que leva seu nome. Embora ele próprio diga que não sabe ao certo em que ano nasceu, documentos oficiais citados pela imprensa alemã fixam a sua idade em 85 anos.

"Nunca pensei em aposentadoria", disse Lagerfeld em 2015. Para seu desfile de primavera-verão, a Chanel recriou uma impressionante mansão com jardim e piscina, dentro do Grand Palais. Inspirada no século XVIII, a coleção é marcada por um estilo retrô e cores pastel.